O que é importante na hora de escolher o sofá Retrátil?

Os sofás retráteis são os modelos mais procurados ultimamente por isso resolvi postar algumas dicas para você procurar saber na hora de escolher o melhor modelo para você.

Muitas pessoas pensam que sofá é tudo igual, e que sofá retrátil é aquele modelo que você puxa e vira uma cama super bacana. Mas a verdade não é essa e você consumidor precisa conhecer um produto antes de investir seu dinheiro nele.

Os retráteis são uma ótima opção para quem tem que unificar em um mesmo ambiente a sala de receber e o home, mas para que seu investimento seja bem aproveitado você deve prestar muita atenção em alguns detalhes:

A profundidade: considero o aspecto mais importante, pois é ela que define o quanto seu sofá irá se estender para fora e se retrair.

Por ser um sofá muito buscado por quem tem pequenos espaços as pessoas geralmente buscam o sofá retrátil com pouca profundidade e como não a ninguém para lhes explicar os malefícios disso acabam por comprar desconhecendo o produto e conseqüentemente ficando decepcionadas depois. Ai vale o ditado o barato sai caro!

Reparem que o sofá no comprimento total aberto ficará com 1,30m descontando a medida do encosto e almofada fica uma chaise com pouco espaço para deitar!

Sofás retráteis não devem ter profundidade menor que 1,10m de forma alguma. Um produto de qualidade deve se preocupar com o conforto e ergonomia dos usuários.

O deslizamento do sistema retrátil: é muito comum o consumidor na hora da compra do estofado retrátil não se lembrar de testar na loja como funciona aquele sistema. Se desliza fácil, se emperra ou trava, se tem que apertar algum botão, etc. Você deve perguntar ao consultor quais os pontos positivos que fizeram a empresa escolher aquele sistema retrátil para evitar dores de cabeça depois.

O conforto: Sente e deite no sofá, sinta o toque do tecido antes de comprá-lo, experimente, tente se imaginar passando horas ali. Repare se suas pernas ficam totalmente em cima do estofado, pois se o calcanhar ficar de fora ficará desconfortável passar algum tempo desta forma.

 

Fonte: Imagens Google

Na imagem acima exemplo de como a pessoa deve ficar sentada em um sofá retrátil. O corpo completamente em cima da chaise.

O acabamento: Preste muita atenção no acabamento do sofá, nas dobras e onde fica o tecido quando o sofá se retrai. E quando é aberto como fica o acabamento nas laterais. Atrás na parte do encosto abaixo das almofadas repare como esta o acabamento ali.

A garantia: Logicamente este não é só um detalhe ainda mais quando falamos de um sofá retrátil é muito importante se conhecer a garantia da estrutura, pois retráteis são estofados movimentados o tempo todo por isso sua estrutura precisa ser bem resistente.

A Estrutura: você tem o direito e deve perguntar a procedência de toda a matéria prima utilizada para a fabricação do estofado, qual é a espuma, qual a densidade da espuma, que madeira foi utilizada e se é certificada, qual o material utilizado no preenchimento das almofadas, se é de mola ou percinta, no caso de mola qual o modelo etc…

Em caso de problemas no estofado como é a assistência e quanto tempo tem que esperar?

Um bom sofá retrátil deve ser confortável, bem feito, não ranger, deslizar facilmente. Pois além de receber suas visitas pense que você terá de passar horas assistindo TV nele.

Fonte: http://www.seatshomealvorada.com.br/blog/ em 2 de outubro